Perguntas frequentes sobre Tier 4

Respostas valiosas a perguntas comuns sobre 4. Veja nossa lista abaixo.

Tier 4 refere-se a um conjunto de requisitos de emissões estabelecidos pela EPA para reduzir emissões de partículas (PM), óxidos de nitrogênio (NOx) e tóxicos do ar de motores diesel não rodoviários novos. Como parte dessa iniciativa de ar limpo, a EPA propôs padrões de desempenho para novas fontes (New Source Performance Standards - NSPS) para definir os níveis aceitáveis de emissões em grupos geradores estacionários grandes. O objetivo dos padrões definidos pelos NSPS é regular as emissões nacionais, e foram criados para serem progressivamente rigorosos ao longo do tempo a fim de atingir uma taxa estável de melhoria da qualidade do ar sem disrupção econômica não razoável.

Tier 4i, ou provisória, refere-se aos padrões de emissões NSPS que entraram em vigor a partir de 1 de jan. de 2011, para todos os novos motores de geradores diesel de alta potência. O padrão Tier 4i reduz significativamente as emissões de NOx e expande a flexibilidade operacional para incluir também uso não emergencial com a obtenção da certificação 4i.

Tier 4, geralmente chamada "Final", refere-se ao padrão de emissões que entrou em vigor para grandes grupos geradores estacionários (gensets) em 2015, substituindo a Tier 4i. Exigindo uma redução significativa de partículas, a Tier 4 representa o mais alto nível de regulamentos de ar puro propostos até o momento. A EPA começou a emitir a certificação 4 em janeiro de 2014. A Cummins Power Generation foi a primeira fabricante de grupos geradores a solicitar e receber a certificação Tier 4.

As emissões permitidas dependem do tamanho do motor do grupo gerador.

Tier4-EmissionsTable.jpg

A EPA define "aplicações estacionárias de emergência" como aquelas em que o grupo gerador opera apenas durante períodos de interrupção da fonte de alimentação de energia normal (com exceção de operação de duração limitada para teste e manutenção). Todos os demais usos, como energia primária, redução de taxa e evitação de tempestade constituem uso não emergencial.

A EPA não impõe um limite sobre o número de horas que um gerador pode operar em situações de emergência. No entanto, a EPA limita os operadores a 50 horas de operação de grupos geradores de emergência por ano para fins de manutenção e exercício.

Redirecionando para
cummins.com

As informações que você está procurando estão no
cummins.com

Estamos disponibilizando esse site para você agora.

Obrigado.