Tier 4 Final (>751 hp) Fluido de escape diesel

Os motores de Tier 4 da Cummins com >751 hp usam a redução catalítica seletiva (RCS) para reduzir o NOx no escape. Um ingrediente chave no pós-tratamento dos gases de escape é o fluido de escape diesel (DEF).

etiquetas do def

O DEF é uma solução não tóxica com 67,5% de água e 32,5% de ureia de categoria automotiva e é um dos elementos-chave do sistema de RCS. Ele tem requisitos de alta pureza – definidos pela especificação ISO 22241-1 da Organização Internacional para Padronização e pelo American Petroleum Institute.

A solução com 32,5% de DEF é a preferencial para o uso com a maioria dos sistemas de RCS em todo o mundo devido ao ótimo desempenho em climas frios. Nesta concentração específica de 32,5%, a solução tem o ponto de congelamento mais baixo de todas as concentrações possíveis e permite que a ureia e a água congelem e descongelem no mesmo ritmo, permitindo a concentração adequada para o sistema de escape de RCS.

Consumo de DEF

O consumo de DEF varia dependendo do ambiente, operação e ciclo de serviço do equipamento. Em média, o consumo de DEF representa de 3% a 5% do consumo de combustível. À medida que o consumo de combustível aumenta, o consumo de DEF também aumenta, por isso, é importante considerar as taxas de consumo mais altas do equipamento ao planejar o fornecimento e o armazenamento do DEF.

Armazenamento e manuseio

O DEF não representa risco sério para humanos, animais ou para o meio ambiente, mas não é compatível com todos os materiais. O DEF é seguro para o manuseio e armazenamento, não é tóxico, não é poluente e não é inflamável. Embora ele congele a 12° F, é importante notar que o DEF congelada não afeta a partida ou o funcionamento do veículo. Quando armazenado ou exposto a temperaturas extremas, o DEF não se torna tóxico.

sistema de rcs do defO sistema de RCS, o tanque e o sistema de distribuição no equipamento são todos projetados para serem totalmente compatíveis com as propriedades do DEF para evitar corrosão, evaporação e contaminação. Cada sistema inclui sensores que monitoram a qualidade e o nível do DEF, bem como as linhas aquecidas do tanque até a unidade de RCS para maximizar o desempenho do sistema. No entanto, cuidados adicionais também devem ser tomados ao selecionar sistemas de armazenamento e fornecimento a granel do DEF. Todas as mangueiras, conexões e tanques de armazenamento devem ser feitos de materiais aprovados para DEF, como aço inoxidável, certos plásticos, titânio ou borracha EPDM, para evitar a contaminação química do DEF e danos dispendiosos ao sistema de RCS.

Recomenda-se que o DEF seja armazenado entre 12° F e 86° F. Quando armazenado dentro dessa faixa, o prazo de validade será maior do que um ano e, quando armazenado abaixo de 65° F, o prazo de validade será estendido para 2 anos.

Disponibilidade de DEF

armazenamento do def
O mercado rodoviário impulsionou o crescimento massivo da infraestrutura do DEF nos últimos anos com mais de 1.000 localizações de bombas de DEF na América do Norte. O aumento da demanda fora-de-estrada aumentará a disponibilidade não rodoviária nos próximos anos por meio de vários provedores de serviços de combustíveis e de produtos químicos.

O DEF está disponível em uma variedade de tamanhos:

  • A granel (>5.000 gal.)
  • Sacos plásticos e descartáveis (275 e 330 gal.)
  • Tambor (55 gal.)
  • Pacotes menores (1 e 2,5 gal.)

O DEF requer um equipamento especial de distribuição. Este equipamento de manuseio de DEF está disponível em muitos dos mesmos locais que fornecem combustível e outros equipamentos de manuseio de fluidos na América do Norte.

Mais informações sobre o DEF podem ser encontradas no cumminsfiltration.com.

Estudo de caso Ações

Pulverizadores Goldacres - com motor Cummins desde 1999

Ver

A Cummins move o crescimento global na produção de amêndoas

Ver

Cummins motoriza o GUSS - o primeiro pulverizador de pomares autônomo do mundo

Ver

Hardi Olha para o futuro com a série de desempenho da Cummins

Ver

Potência final da Cummins Tier 4 para a faixa de pulverizador Apache

Ver

A Cummins ajuda a construir a indústria de algodão australiana

Ver

As unidades de alimentação da Cummins são a escolha da lavoura

Ver

Eficiência de ponta

Ver


Para ver todos os estudos de caso, clique aqui.
Redirecionando para
cummins.com

As informações que você está procurando estão no
cummins.com

Estamos disponibilizando esse site para você agora.

Obrigado.